• Thâmillys

Youtubers: por que meus filhos adoram?

Atualizado: 9 de Set de 2019



Aos poucos a televisão está sendo substituída por horas e mais horas no Youtube. Isso é culturalmente natural, principalmente pela geração atual que nasce envolta a uma grande demanda tecnológica. É normal que os filhos tenham mais proximidade com as novas mídias que os pais.


Evidente que os pais também acessam essa plataforma, mas com menos frequência que o público infantojuvenil. A gingante da internet possui mais de 1,9 bilhão de usuários conectados que acessam a plataforma todos os meses. Diariamente, os acessos chegam a mais de um bilhão de horas de vídeo e geram bilhões de visualizações. Segundo uma pesquisa realizada pela empresa em 2018, cerca de 70% de seus usuários são crianças, adolescentes ou jovens.


E o que atrai tanto o seu filho nessa plataforma? A interatividade! Os canais disponibilizam conteúdos e interagem com o público, respondendo a questionamentos e comentários, fazendo fóruns, e mais recentemente, lives. E não é apenas isso, os youtubers que geram o conteúdo, em geral tem a mesma idade do seu público, falam a “mesma língua”, gostam das mesmas músicas, jogos, “memes”, etc.


Geradores de Opinião


Já deu para ter uma ideia sobre toda atratividade que o os canais do YT possuem. Em geral, os adultos (e pais) acessam a conteúdos bem específicos, e navegam com um foco sobre o que querem assistir. Por este motivo, é difícil compreender por que pessoas que transmitem conteúdos usando apenas uma webcam e acesso a internet têm uma influência tão poderosa sobre as crianças – eles não são chamados de Digital Influencers em vão.


Sim, os Youtubers são as novas celebridades do momento! Eles são experientes em criação e edição de vídeos, sabem como responder ao público e se destacam em autopromoção em todas a mídias sociais, como Instagram, Facebook, Twitter. Eles também são rápidos. Diferente da Tv o conteúdo do YT é compartilhado em alta velocidade (e sem roteiro ou equipe de produção). Essa velocidade permite com que eles comentem notícias, cultura pop, eventos atuais, vlogs, tudo em tempo real!


Contudo, por mais atraentes que os Youtubers sejam para as crianças, muitos canais não são adequados à idade delas. Alguns aproveitam-se da liberdade das políticas de acesso e geração de conteúdo da plataforma para fazer comentários sexistas, homofóbicos, racistas e ofensivos.


É completamente apropriado para a idade que as crianças se dediquem a certas figuras da mídia. Mas é importante ajuda-las a encontrar modelos positivos. Como fazer isso? – Estar ciente de que, para os seus filhos, a opinião desses YouTubers tem muita relevância é o primeiro passo. Envolva-se, assistindo os canais preferidos dos pequenos sempre que possível. Demonstre interesse, faça perguntas sobre suas preferências e os assuntos abordados. Tenha a mente aberta, às vezes será necessário “morder a língua”, mas isso ajudará a entender como esses influenciadores estão sendo vistos pelas crianças. Além disso, você pode inserir suas opiniões na conversa, transmitindo suas ideias.

Siga-nos nas redes sociais:

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube

© 2020 by Mundo4D

28.669.540/0001-81

Rua Coronel Oscar Porto, 736 - cj 33A

Paraíso - São Paulo/SP - Brasil

Entre em contato com o Mundo4D!

contato@mundo4d.com.br